VENDA DE VINHOS 1º SEMESTRE DE 2021

Recorde histórico na venda de vinhos e espumantes

Vinícolas brasileiras seguem brindando o bom momento da produção nacional no mercado interno

 

De janeiro a junho deste ano, a venda de vinhos finos brasileiros praticamente alcançou o volume registrado em todo 2019. Se comparado ao mesmo semestre de 2020, o crescimento foi de 41,15%, passando de 10,8 mi de litros para 15,2 mi de litros. Os espumantes também estão em alta, com destaque para o tipo brut com 3,7 mi de litros, o correspondente a 52,03% de incremento se comparado ao mesmo período do ano passado. Os moscatéis tiveram alta de 43,30% chegando a um volume de 2,4 mi de litros. Já o suco de uva, que vinha amargando queda, retoma as vendas com um discreto crescimento de 3,56% com 77,7 mi de litros. Os dados oficiais são da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), com base no Sistema de Cadastro Vinícola da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul.

Visualização da imagem

Nunca antes na história da vitivinicultura brasileira se vendeu tanto vinho e espumante para o mercado interno, o que anima o setor que, encontrou na pandemia do Coronavírus, uma grande oportunidade de ser conhecido, degustado e aprovado pelos próprios brasileiros. O presidente da Uvibra, Deunir Argenta, comemora o momento, apostando num futuro ainda mais promissor. “Estamos colhendo o que plantamos há muitas safras. Não é por acaso que o vinho brasileiro vive este reconhecimento pelos próprios brasileiros. Muito investimento foi feito, o que proporcionou uma grande transformação nos últimos 10 anos”, destaca. “Aprendemos, depois de muita tentativa e erro, além de estudos, que tudo começa no vinhedo e é a partir dele que o nosso vinho vem conquistando cada vez mais consumidores”.

Visualização da imagem

O vinho brasileiro conquistou a confiança dos canais de venda e dos consumidores. A ampliação dos pontos de comercialização, a melhor distribuição, o preço justo, a diversidade e a qualidade dos vinhos, espumantes e do suco de uva nacional contribuíram para o momento vivido que, segundo a entidade, não apenas deve se manter como evoluir, assim como os melhores vinhos.

COMERCIALIZAÇÃO DE VINHOS FINOS, ESPUMANTES E SUCO DE UVA ELABORADOS NO RIO GRANDE DO SUL – MERCADO INTERNO (litros)

PRODUTOS

JAN/JUNHO 2020

JAN/JUNHO 2021

 

Vinhos Finos

10.829.306

15.285.661

41,15%

Espumantes (Brut)

2.480.222

3.770.668

52,03%

Espumantes (Moscatéis)

1.726.620

2.474.310

43,30%

Suco de Uva *

75.075.999

77.749.756

3,56%

 

* Suco de Uva (Natural/Integral, Reprocessado/Reconstituído, Adoçado e Concentrado)

Fonte: SISDEVIN/SEAPDR | Elaboração: Uvibra – Dados coletados em 16 de julho de 2021.