Ouro que vem de Bordeaux

Vinhos e espumantes brasileiros arrematam sete medalhas

Pela segunda vez no ano, os vinhos e espumantes brasileiros são premiados na França, desta vez na prestigiada região de Bordeaux. A distinção vem do Citadelles du Vin, realizado de 16 a 18 de março, com a patronagem da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e apoio da Federação dos Grandes Concursos (Vinofed). Foram conferidas seis Medalhas de Ouro e uma Medalha de Prata.

Com esta conquista, somente este ano, já são 18 medalhas obtidas na França, que abriu o ranking do ano no Vinalies Internationales com oito premiações. O diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Christian Bernardi, que esteve representando o Brasil na 19ª edição do Citadelles du Vin, relata que o grupo de 50 degustadores tiveram muito trabalho para eleger os vinhos destaque dentro de uma qualidade média bastante elevada. Estes prêmios especiais serão divulgados no dia 12 de maio na Vité du Vin.

O concurso reuniu cerca de 800 amostras de 40 países. Desde 2000, são mais de 18.500 vinhos de 46 países com um desempenho que premiou mais de 5 mil amostras.

PREMIAÇÕES

Citadelles d’Or

Garibaldi Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Gran Leopoldina Chardonnay 2017 – Casa Valduga Vinhos Finos

Garibaldi Espumante Prosecco Brut – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Chardonnay  Brut – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Zanotto Espumante Moscatel – Vinícola Campestre

Casa Valduga Gran Villa Lobos 2012 – Casa Valduga Vinhos Finos

Cidadelles de Prata

Ponto Nero Live Celebration Brut Rosé – Domno do Brasil