Cave do Sol agora também com venda online 

Apreciadores de todo país podem conhecer os vinhos, espumantes e sucos de uva da vinícola que é novidade no Vale dos Vinhedos sem sair de casa 

A pandemia do Coronavírus restringi as viagens, mesmo em destinos brasileiros. Muitos apreciadores de vinhos estão curiosos para conhecer os rótulos da Cave do Sol, vinícola inaugurada em setembro no Vale dos Vinhedos. Com lotes limitados, a vinícola optou por uma venda exclusiva em sua loja física e passa a apostar no mundo virtual nesta quarta-feira, 16 de dezembro. Vinhos, espumantes e sucos de uva das linhas Cave do Sol, Solar do Vale e Vulcano estão à venda pelo site www.cavedosol.com.br com entrega em todo o país.

Com a novidade, a distância deixa de ser um problema para quem gosta de conhecer novos rótulos. Jovem no roteiro enoturístico mais famoso do Brasil, mas com uma história que iniciou em 1927, a Cave do Sol já começou sua coleção de medalhas. No 10º Brazil Wine Challenge, concurso com a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), a marca arrematou duas Medalhas de Ouro pata o Cave do Sol Merlot 2016 e o Solar do Vale Espumante Moscatel. O mesmo vinho também conquistou Ouro na Grande Prova Vinhos do Brasil (GPVB), juntamente com o Cave do Sol Marselan 2017. A vinícola também conquistou Duplo Ouro para o Solar do Vale Suco de Uva Integral Tinto, além de Ouro para o Solar do Vale Suco de Uva Integral Branco na Grande Prova Sucos de Uva  do Brasil.

Com o Selo Suco de Uva Puro, certificado pelo Instituto Totum, através da Associação Brasileira dos Elaboradores de Suco de Uva Puro, idealizada pelo diretor presidente da Cave do Sol, Arnaldo Passarin, o Solar do Vale Suco de Uva Integral – Tinto e Branco – não têm adição de açúcar, água, conservantes, antioxidantes ou  qualquer outro aditivo, somente uva. “É saúde que vem da uva”, explica Passarin, que garante qualidade e compromisso de colocar na mesa do consumidor um produto puro.

Sobre a Cave do Sol

A mais nova vinícola do Vale dos Vinhedos está encravada no coração do roteiro enoturístico mais famoso do Brasil (km 20 da Rodovia RS 444), numa área de 36,6 mil metros quadrados. São 5.125 metros quadrados de área construída, 2.367 deles destinados ao enoturismo, distribuídos em três andares, totalmente projetado dentro das premissas de acessibilidade. O ambiente convida a imergir num rico cenário de objetos considerados peças de museu que, além de preservar a história da família e da vinicultura brasileira, também compõem obras de arte concebidas por artistas, valorizando talentos locais. É uma viagem pelo tempo num passeio que transcende o imaginário.